Suco de cranberry não protege contra infecção urinária, diz pesquisa

O suco de cranberry (oxicoco, em português) é conhecido como eficaz para a prevenção de infecção urinária em mulheres, mas novo estudo mostra que a fruta americana não tem esse efeito.

A pesquisa da Universidade de Michigan, publicada no periódico “Clinical Infectious Diseases”, foi feita com 319 mulheres de 18 a 40 anos, todas com infecção urinária.

As participantes foram divididas em dois grupos. O estudo foi controlado e duplo-cego –nem os médicos nem as participantes sabiam se tomavam suco de cranberry ou suco placebo, com cor e sabor similares aos da fruta.

Um dos grupos tomou 236 ml de suco de cranberry duas vezes ao dia, por seis meses. O outro recebeu a mesma quantidade de placebo. Os resultados dos dois grupos foram semelhantes.

Os pesquisadores esperavam que 30% das mulheres tivessem uma nova infecção e só 16% tiveram.

Foram observados 54 novos casos, confirmados com exame de urina. Desses, 31 são do grupo que tomou o suco de cranberry e 23 pertencem ao grupo placebo.

Placebo e cranberry tiveram efeito, mas a fruta não deu uma proteção maior contra o risco de infecção, ao contrário do esperado.

Entre os motivos possíveis para isso é que todas as mulheres tenham se hidratado mais durante a pesquisa. Isso teria feito com que elas urinassem mais, reduzindo o crescimento de bactérias.

Outra explicação é que o ácido ascórbico presente nos dois sucos poderia prevenir a infecção, mas não há estudos controlados que tenham demonstrado esse efeito.

CREDIBILIDADE

Para o urologista Sidney Glina, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Urologia e professor da Faculdade de Medicina do ABC, o trabalho é muito benfeito e causa um impacto na credibilidade do cranberry.

“A pesquisa mostra que, nessa população estudada, a fruta não teve o efeito já mostrado em outros trabalhos.”

No entanto, Glina acredita que o estudo deveria ser feito também com mulheres mais velhas, que têm grande incidência de infecção urinária.

A explicação é que, na menopausa, elas deixam de ter a proteção hormonal.

O único grande estudo controlado que também comparou suco de cranberry com placebo foi feito em 2005 e envolveu 376 mulheres britânicas com idades entre 18 e 60 anos. Os pesquisadores também não observaram diferença entre os dois grupos avaliados.

A infecção urinária ocorre em mulheres de todas as idades, mas o problema tem picos de incidência na infância (quando pode estar associada a má-formações do trato urinário), no início da atividade sexual, durante a gravidez e depois da menopausa.

Fonte: Folha de São Paulo