Hospital das Clínicas de São Paulo testou redução de estômago em diabéticos

Uma das técnicas será oferecida gratuitamente aos pacientes

São Paulo (fev 2011) – O Hospital das Clínicas da USP fez testes de dois tipos de cirurgias de redução de estômago em pacientes com diabete tipo 2 que tenham índice de massa corporal (IMC) entre 27 e 35 – considerado sobrepeso e não obesidade mórbida.

 

Uma das cirurgias é a polêmica gastrectomia vertical com interposição de íleo.

No HC, há um protocolo de pesquisa aprovado pelo comitê de ética do hospital e a técnica será feita gratuitamente.

Além da gastrectomia, os médicos também testaram o by-pass gástrico, amplamente reconhecido e indicado para a maioria dos pacientes obesos.

Com isso, a equipe do HC quer demonstrar que diabéticos não obesos, com IMC entre 27 e 35, podem se beneficiar e até se curar da doença.

Era consenso da Sociedade Brasileira de Diabetes (SBD) a recomendação de cirurgia de redução de estômago apenas no tratamento de doentes com IMC maior que 35.

Segundo pesquisa, pelo menos um terço dos diabéticos tipo 2 tem IMC entre 30 e 35.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte: Exame.com


Saiba mais…

CFM divulga critérios exigidos para a realização de cirurgia metabólica no País