Guia do Doador de Sangue

Advertisements
Loading...

Condições básicas para o doador de sangue

Idade: ter entre 18 e 67 anos

Estar com boa saúde

(sem gripe, resfriado, diarréia ou alergias) e sem feridas ou machucados no corpo ou na boca.

Peso

  • Homens igual ou maior que 50kg.
  • Mulheres igual ou maior que 51kg.

Intervalo entre as doações

  • Mulheres: 90 dias/ 03 doações por ano
  • Homens: 60 dias/ 04 doações por ano

No dia da doação:

  • É obrigatório apresentar documento oficial com foto, preferencialmente o R.G.;
  • Dormir bem, pelo menos 6 horas antes da doação;
  • Evitar o jejum. Fazer refeições leves e não gordurosas. Em refeições fartas como o almoço e jantar, só doar após 03 horas;
  • Evitar uso de bebidas alcoólicas nas últimas 12 horas;
  • Não fumar por no mínimo uma hora antes e uma hora após a doação;
  • Não praticar exercícios físicos exagerados e atividades perigosas, como subir em locais altos ou dirigir veículos em rodovias, etc.;
  • Permanecer no serviço hemoterápico após a doação por 15 minutos;
  • Não forçar o braço em que foi realizada a punção no dia da doação, para evitar sangramentos e hematomas.

Saúde – observe as recomendações

Não pode doar:
  • Quem tem ou teve as seguintes doenças:
  • Hepatite após os 11 anos de idade;
  • Diabetes tipo I e Diabetes tipo II insulinodependentes;
  • Lepra (Hanseníase);
  • Doença de Chagas;
  • Malária (maleita);
  • AIDS;
  • Diabetes;
  • Câncer.
  • Fez ou faz uso de drogas ilícitas.
  • Mantém relações sexuais de risco, com parceiros desconhecidos ou relações casuais.
Deve aguardar para doar sangue:
  • Quem fez alguns tipos de manipulação dentária – de 1 a 30 dias;
  • Quem recebeu transfusão de sangue – 1 ano;
  • Brincos com antissepsia adequada – 3 dias;
  • Piercing: 6 meses ou 1 ano após a retirada se o piercing estiver na cavidade oral ou genital;
  • Acupuntura com material próprio ou descartável e feito por médicos ou técnicos autorizados – 3 dias;
  • Tatuagem ou maquiagem definitiva – 6 meses após a realização ou 12 meses se não tiver certeza da segurança do procedimento;
  • Quem estiver com gripe – 7 dias após a cura;
  • Parto ou aborto – 3 meses;
  • Quem foi submetido à cirurgia – de 3 a 12 meses;
  • Dengue – 4 semanas;
  • Dengue hemorrágica – 6 meses;
  • Quem tiver recebido vacinação contra:
    • Difteria, tétano, cólera, coqueluche, hepatite A, pneumococo, meningite – 48 horas;
    • Hepatite B recombinante – 48 horas;
    • Pólio oral (sabin), febre amarela, caxumba, BCG e sarampo – 4 semanas;
    • Gripe, rubéola, varicela – 4 semanas;
    • Raiva – 12 meses.
  • Quem tiver recebido soro antitetânico – 4 semanas;
  • Quem estiver tomando medicações (trazer sempre o nome do remédio que está sendo tomado).

Não doe sangue para fazer exames. Nesse caso, procure um Centro de Testagem e Aconselhamento de sua cidade.

Etapas da doação

1º Passo – Recepção e cadastro

  • Apresentação do documento de identidade;
  • Atualização de endereço, trabalho, etc.

2º Passo – Orientações preliminares ao doador de sangue

3º Passo – Pré-triagem

  • Peso, altura, verificação de pressão arterial, pulso e temperatura;
  • Uma “picadinha” no dedo para verificar se você tem anemia.

4º Passo – Entrevista clínica

  • É confidencial e o sigilo é absoluto – confie em seu entrevistador e seja sincero;
  • Neste passo você assina um Termo de Responsabilidade onde refere ter entendido as informações recebidas, ter respondido com sinceridade ao questionário, concordar com a coleta de sangue e afirma que está ciente de que se houver resultados sorológicos alterados, será chamado pelo serviço para aconselhamento médico e social.

5º Passo – Coleta de sangue

  • A quantidade coletada é de 450 a 500 ml;
  • Serão 8 ml/kg para a mulher e 9 ml/kg para o homem;
  • Também, neste passo, serão coletadas as amostras para os exames obrigatórios por lei.

6º Passo – Lanche

  • É acompanhado por líquidos, para repor o volume retirado na doação. Em casa ou no trabalho continue tomando bastante líquido.

Observe o que acontece com o sangue doado

Após a coleta o sangue é separado em seus componentes dentro de 6 a 8 horas, no laboratório de fracionamento.

Cada componentes do sangue tem uma finalidade:

  1. Glóbulos vermelhos – servem para tratar anemias;
  2. Plasma (parte líquida do sangue) – serve para tratar hemorragias. Parte do plasma é encaminhado para indústrias que produzem fatores de coagulação, utilizados para tratar hemofílicos;
  3. Plaquetas – servem para tratar ou evitar sangramentos.

Sorologia

Neste laboratório exames diferentes serão realizados: sífilis, hepatite B e C, HIV, HTLV I/II e chagas.

Advertisements
Loading...

NAT

Neste laboratório são realizados testes específicos onde se pesquisa a presença dos vírus HIV e HCV nas amostras. Este teste é complementar aos testes sorológicos.

Imuno-hematologia

É o laboratório em que as amostras de seu sangue são tipadas para verificação de seu tipo sanguíneo (ABO) e o fator Rh, positivo (+) ou negativo (-). A distribuição do quadro mostra os grupos.

IMPORTANTE

Todo sangue coletado será submetido a exames de sorologia obrigatórios pelo Ministério da Saúde. Caso ocorram resultados alterados, o candidato será comunicado e convocado via correio. Lembramos que pelas limitações inerentes às técnicas empregadas, podem ocorrer resultados duvidosos, sem que, necessariamente, signifiquem doenças, que serão posteriormente reanalisados e esclarecidos sob supervisão médica. É fundamental a presença do doador, no serviço hemoterápico, para receber as instruções médicas.

Fonte: Hemocentro de São Paulo