Exames que os bebês deveriam fazer

Estes são exames que devem estar disponibilizados gratuitamente a todas as crianças que nascem nas maternidades conveniadas ao SUS

1- Teste do pezinho

  • O que é: O exame identifica erros de metabolismo que podem causar deficiência mental, como fenilcetonúria e hipotireoidismo congênito, além de anemia falciforme, que causa a destruição crônica das hemácias (células vermelhas do sangue).
  • Quando realizá-lo: Entre o terceiro e o sétimo dia de vida do bebê.
  • Como é feito: A partir de gotas de sangue colhidas do calcanhar do recémnascido. Não provoca dor à criança.

Toda criança brasileira tem direito ao teste, gratuito. Existe uma versão ampliada que permite identificar mais de 30 doenças, mas não está disponível na rede pública.

2- teste do olhinho (ou teste do reflexo vermelho)

  • O que é: Reconhece doenças como retinoblastoma, o tumor maligno ocular mais frequente em crianças; catarata, que compromete seriamente a visão; e glaucoma congênito, que pode levar à cegueira.
  • Quando realizá-lo: Nas primeiras 48 horas de vida do bebê.
  • Como é feito: É um exame ocular realizado em recém-nascidos com oftalmoscópio direto.

O teste do reflexo vermelho é obrigatório em todas as maternidades e estabelecimentos hospitalares do país.

3- Teste da orelhinha

  • O que é: O objetivo principal é a identificação precoce da deficiência auditiva, já que ouvir bem é fundamental para o desenvolvimento da fala e da linguagem da criança.
  • Quando realizá-lo: Nos três primeiros meses de vida.
  • Como é feito: O exame demora entre três e cinco minutos e é realizado por um fonoaudiólogo, com um pequeno fone na parte externa da orelha.

É obrigatório em todos os bebês nascidos em hospitais e maternidades do país.