Como prevenir o glaucoma

O glaucoma é uma doença que se caracteriza pela pressão elevada dentro do olho.

Na lista de causas importantes de cegueira irreversível está o glaucoma.

No entanto, a única forma de prevenir a doença é fazendo visitas periódicas ao oftalmologista, principalmente a partir dos 40 anos.glaucoma

Como mencionado no título da matéria, o glaucoma se caracteriza pela pressão elevada dentro do olho.

Ela aumenta quando o líquido que banha as estruturas oculares (o humor aquoso) não é drenado naturalmente.

Com a pressão alta, a quantidade de sangue que chega aos tecidos oculares diminui e as células nervosas no fundo do olho sofrem danos.

O resultado disso é a perda progressiva da visão.

Segundo o oftalmologista Homero Gusmão de Almeida, diretor do Instituto de Olhos de Belo Horizonte, as pessoas geralmente não percebem que têm a doença.

“Apostando na informação e no diagnóstico precoce, o Instituto de Olhos de Belo Horizonte realizou uma semana dedicada à doença”, conta o médico.

Dos 3.700 pacientes examinados, 5% apresentaram a doença.

Mais de um milhão de pessoas em todo o Brasil são vítimas do glaucoma e muitos não sabem.

Devido a falta de prevenção, o glaucoma é hoje a principal causa de cegueira irreversível no País.

Os sintomas do glaucoma, ao contrário do que se acredita, são bem discretos.

A dor ocular raramente ocorre, assim como lacrimejamento ou olhos vermelhos.

O tipo mais comum de glaucoma é o crônico.

Ele leva a uma perda lenta da visão periférica (visão lateral) e pode ser descoberto apenas nas fases mais avançadas se a pessoa não faz consultas periódicas ao oftalmologista.

O tratamento do glaucoma consiste no uso de medicações (colírios e comprimidos) capazes de diminuir a pressão nos olhos, e até de cirurgia, que constrói uma espécie de canal de escoamento para o humor aquoso.

Fatores de Risco de Glaucoma

Algumas pessoas têm propensão à doença devido a fatores de risco, como:

  • quem tem na família portadores de glaucoma;
  • ascendência da raça negra também está mais propenso a ter a doença;
  • miopia em graus elevados e
  • quem passou por traumas ou cirurgias oculares.

Fonte: eHealth Latin America