10 dicas para manter a dieta em restaurantes

Nutricionista dá um passo a passo para você se divertir sem culpa!

Dieta não é e nem pode ser sinônimo de sofrimento. Por mais que você esteja correndo contra o tempo e lutando fortemente com a balança, alguns eventos sociais não podem ser excluídos da sua rotina. Um deles é o prazer de frequentar bons restaurantes. A nutricionista Lílian Assis dá as dicas para quem quer se divertir sem ter que esquentar a cabeça no dia seguinte.

  1. Fique longe do “couvert” com pãezinhos e pastas. Se esta for a melhor parte para você, coma moderadamente e compense escolhendo um prato sem carboidrato (arroz, macarrão, batata, pão…).
  2. Evite a bebida alcoólica. Se não resistir, contente-se com uma dose. Entre os vinhos, opte pelo tinto. Esqueça o chope e fique com um copo de cerveja e, ainda, se puder, consuma o saquê.
  3. Prefira beber chás gelados light ou sucos de baixa caloria (limonada, abacaxi, maracujá…).
  4. Faça perguntas ao garçom: A sopa leva creme de leite? O peixe é frito ou grelhado? Posso trocar a batata frita por salada? Ou seja, se cerque de informações para garantir uma melhor escolha.
  5. Ao escolher saladas e carnes, peça os molhos à parte. Quando este já vier no prato, consuma o mínimo possível, pois geralmente são cheios de creme de leite, sal e manteiga.
  6. Procure restaurantes que tenham uma proposta saudável, como os orgânicos, os lights, os naturais… Estes oferecem mais opções de legumes e verduras.
  7. Se tiver companhia, peça um prato principal e uma salada para dividir. A maioria dos restaurantes tem porções bem grandes.
  8. Escolha proteínas grelhadas, assadas e ensopadas. Nunca fritas, à milanesa, doré ou empanadas.
  9. Prefira pratos que tenham como acompanhamento ao menos uma salada ou legumes no vapor.
  10. Dispense a sobremesa ou peça uma para dividir com os amigos.

Fonte: Sua Dieta – UOL